EXTRA

O clássico ‘Capelinha’

9 7 - FOTO - MUSEU COMUNITARIO LOMBA DO PINHEIROLocalizado na região leste de Porto Alegre/RS, o Museu Comunitário Lomba de Pinheiro abriga em seu acervo a memória da Família Remião, a começar pelo imóvel, móveis, maquinário, roupas e muitos utensílios e objetos pessoais em ótimas condições, que registram as atividades desenvolvidas na época.

Entre os objetos que foram mantidos no antigo armazém encontra-se o aparelho de rádio que as pessoas usavam para se manter atualizadas dos fatos que ocorriam no País na década de 1940. O clássico modelo, chamado por alguns de ‘Capelinha’, é considerado o ‘fusca’ dos rádios.

Museu Comunitário Lomba do Pinheiro

A Lomba do Pinheiro fica na periferia da capital gaúcha e foi oficialmente criada em 1959, porém a existência de moradores remonta à época das Sesmarias, quando a região compreendia grandes estâncias de criação de gado, muito antes da fundação de Porto Alegre, que ocorreu em 1772.  O museu comunitário que leva o nome do bairro, foi criado em 2006, em uma casa doada pelos proprietários de um antigo armazém, a fim de atender demanda premente daquela comunidade, que reclamava um espaço em que a memória do lugar fosse fixada por meio do registro da história dos seus habitantes.

A produção do programa se deslocou até as terras gaúchas  e registrou essa iniciativa, fundamental tanto para a afirmação da identidade quanto para o aumento da autoestima dos moradores.

O grosso do acervo faz parte do Memorial da Família Remião – mobiliário, louça, rádios, documentos, fotos, exemplares de jornais antigos, balanças etc -, a responsável pela doação do imóvel onde funciona o museu. Erigida no final do século XIX,  em estilo colonial português, a construção serviu de residência e, ao mesmo tempo, abrigou o negócio familiar – um sortido armazém que acabou se transformando no principal ponto de encontro da comunidade. Ao material recebido com a casa juntaram-se as contribuições da comunidade, quer na forma de depoimentos ou objetos. O registro da trajetória do extinto time de futebol que havia no bairro, o Pinheirense, é um bom exemplo dessa integração.

O museu atua ainda na educação para o patrimônio material, imaterial e ambiental, bem como desenvolve ações educativas voltadas, principalmente, às escolas públicas locais, com o apoio da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul).

NA TV BRASIL: 22 de maio de 2012 (terça-feira) às 17h30
Reexibição: 26 de maio de 2012 (sábado) às 15h30

ESTREIA NA TV ESCOLA: segundo semestre de 2012

ou CLIQUE AQUI E ASSISTA