O Museu Victor Meirelles apresenta até o dia 24 de junho, a exposição “in Útil Paisagem”, de Carlos Asp. Composta por desenhos, fragmentos de canções, poemas e palavras que vão surgindo no seu ateliê on the road, como o próprio artista define, a música é o ponto de partida desta exposição.

A canção Inútil Paisagem, de autoria de Tom Jobim e Aloysio de Oliveira, dá nome à mostra. Carlos Asp convida o visitante a conhecer a sua própria memória por meio das diversas paisagens pela ilha de Florianópolis, por Porto Alegre, pela Suécia de seus antepassados e pelo mundo afora.

A intenção da exposição é mostrar algumas séries distintas de trabalhos que são sempre fruto do mesmo indivíduo. Ao concretizar a construção de um painel com informações de múltiplas obras, numa combinação de situações ou conceitos que podem se relacionar entre si, o artista retoma a física quântica e, novamente, o conceito do campo relacional, com a constante migração de informações entre si.

A exposição “in Útil Paisagem”, de Carlos Asp, fica no Museu Victor Meirelles até 24 de junho de 2017. A entrada é gratuita. Ao som do piano de Antônio Carlos Jobim e na voz de Elis Regina, Inútil Paisagem, claro, não poderia estar ausente desta mostra. Abaixo, a letra de Aloysio de Oliveira.

O Museu Victor Meirelles está localizado na Rua Rafael Bandeira, 41 – Centro – Florianópolis. Tel.:  48  3222-0692.

Close