Com o objetivo de ressignificar e atualizar a já conhecida parede de sobrenomes, espaço da exposição de longa duração Migrar: experiências, memórias e identidades, o Museu da Imigração lançou a campanha institucional “SobreNomes”.

Em um primeiro momento, a intenção é convidar o público, que não encontrou seus registros no painel da exposição, a compartilhar a grafia e pronúncia em áudio por meio de um contato de WhatsApp.

Mais de 2,5 milhões de pessoas passaram pela antiga Hospedaria de Imigrantes do Brás, que funcionou de 1887 a 1978, e participaram efetivamente do desenvolvimento do estado de São Paulo e do Brasil. Trajetórias, angústias, esperanças, sonhos, desafios e aprendizados de milhares de famílias estão, até hoje, presentes nesse complexo histórico que abriga o museu.

Como uma celebração a essas memórias, 12 mil sobrenomes – que estão entre os mais pesquisados no Acervo Digital – estão talhados em uma extensa parede de madeira no primeiro andar do edifício. Para os visitantes, a experiência de procurar suas raízes nesse ambiente é emocionante, aproxima as suas relações com a instituição e promove uma reflexão sobre os caminhos vivenciados por todos os que deixaram os seus locais de origem em busca de uma vida melhor.

Visando contemplar ainda mais histórias, incluindo as pessoas que vieram no passado e as que chegaram ao Brasil recentemente, o Museu convida o público a enviar a grafia e a pronúncia, por meio de áudio, do seu sobrenome para o número (11) 99246-3537, no WhatsApp, para participar de uma ação que irá ampliar a representação de mais famílias nesse espaço.

SERVIÇO
Museu da Imigração
Rua Visconde de Parnaíba, 1316 – Mooca
Horário de funcionamento: de terça-feira a sábado, das 9h às 17h
aos domingos, das 10h às 17h
Informações: (11) 2692-1866
museudaimigracao@museudaimigracao.org.br

Close