Chega ao fim neste domingo, dia 7 de abril, as exposições “África Contemporânea” e “África e a Volta dos espíritos”, no Museu Afro Brasil, após ficaram um ano em cartaz. Juntas, elas reúnem quase 100 obras produzidas por artistas do continente africano.

“África Contemporânea” apresenta trabalhos de artistas de países como Moçambique, Benin, Senegal, Angola e Gana, tais como Dominique Zinkpè, Aston, Soly Cissé, Yonamine, Gérard Quenun, Owusu-Ankomah, Oswald, Celestino Mudaulane, Edwige Aplogan, Francisco Vidal e Cyprien Tokoudagba, criadores conhecidos por exporem as próprias feridas e acumulações por meio de pinturas, esculturas, instalações, desenhos e colagens.

Enquanto “África e a Volta dos espíritos” reúne esculturas, máscaras, asens e moedas produzidas em cobre, madeira, tecido, miçangas e fibra vegetal dos tradicionais povos africanos Guro, Fon, Senufo, Iorubá, entre outras etnias.

Está em São Paulo?! Não perca! Lembrando que aos sábados a entrada no museu é gratuita!

Close