A artista gaúcha Marilice Corono ganha destaque no Museu Nacional de Belas Artes com a exposição “Entre o acervo e o estúdio”, até o dia 1º de dezembro de 2019.

De acordo com a artista, a seleção das 32 obras que integram a exposição foi determinada pelo estudo dos gêneros, pelo caráter autorreferencial da maior parte das imagens, pela qualidade que apresentam e por aspectos afetivos e pessoais.

Destaque para a obra “Iniciação a Pintura” (1976) de um dos pioneiros da restauração no país, Edson Motta, professor de teoria, técnica e conservação da pintura na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) entre os anos de 1945 e 1980 e autor de livros essenciais para a formação da artista.

O Museu Nacional de Belas Artes está localizado na Av. Rio Branco, 199 – Centro, Rio de Janeiro/RJ.

Close