Em cartaz até o dia 17 de novembro no Museu de Arte Contemporânea do Ceará, a exposição “Linha de Costa” reúne fotografias, instalação de objetos, desenho, pintura e palavra em obras que discutem o avanço das marés em localidades da orla cearense e sua consequente destruição.

Após um ano de visitas às praias de Iparana, Pacheco, Icaraí e Taíba – no litoral oeste – e as praias de Balbino, Caponga, Presídio e Iguape – no litoral leste -, sob a curadoria de Bitu Cassundé, os artistas tecem narrativas que misturam dados científicos, memórias de anônimos, autobiografia, apropriação e fabulação.

Expandindo o espaço da galeria, a obra também se desdobra em uma galeria virtual em que os espectadores poderão fazer upload de fotografias, desenhos, pinturas e imagens diversas que componham suas memórias e experiências relacionadas às praias dialogadas na pesquisa dos artistas.

Serviço:
Abertura da exposição “Linha de Costa”
MAC – Museu de Arte Contemporânea do Ceará
José Avelino, 10 – Centro, Fortaleza/CE
Em cartaz até dia 17 de novembro de 2019

Close