Já imaginou ir a uma exposição na qual as obras te veem antes mesmo de que você possa vê-las?

Em “Das tripas coração”, exposição individual da artista visual Katia Wille em parceria com a Microsoft, na Galeria do Lago do Museu da República, máquinas cognitivas são responsáveis por promover a interação responsiva das obras aos estímulos visuais, faciais e sonoros dos visitantes.

O conceito de máquinas cognitivas integradas a ambiente, criado pela Microsoft com a artista, etá sendo mostrado primeira vez em uma exposição de arte no Brasil.

A exposição conta com três obras e cada uma delas traz uma experiência diferente ao espectador. A primeira interage por meio de análise de aproximação e se movimenta conforme o deslocamento do público, a segunda faz movimentações diferentes com base nos sentimentos e expressões faciais das pessoas, e a última reage por meio de interação por voz, se movimentando com base nas respostas dadas pelo visitante a perguntas feitas pela obra.

A curadoria é de Isabel Sanson Portella, coordenadora e curadora da Galeria do Lago, e a exposição fica até 19 de maio na Galeria do Lago. A entrada é gratuita!

________________________

Fonte: Museu da República

Close