Após três anos em obras de restauração, o Museu Victor Meirelles abriga novamente a sua casa sede e que foi moradia do artista.

O projeto integrou os dois edifícios, o antigo sobrado luso-brasileiro, do final do século XVIII, que abriga o Museu Victor Meirelles desde 1952, e o edifício adjacente, da década de 60, cedido pelo governo do Estado de Santa Catarina, ampliando a área para 740,00 m².

Entre as obras, estão a instalação de um elevador que atenderá simultaneamente os dois edifícios; auditório, uma grande ala de exposições temporárias, além de salas para oficinas de arte diversas; melhorias gerais como climatização, nova iluminação, implantação de condições de acessibilidade e segurança.

O Museu vai iniciar agora a aquisição de mobiliário, projetos complementares e transferência do acervo definitiva das suas atividades para o segundo semestre de 2019.

Você também acompanhar todo o seu acervo museológico numa plataforma online, com acesso a 235 obras do Museu pela internet.

Atualmente, o Museu está com a exposição “A Casa da Porta Verde”, com concepção e curadoria realizada de forma coletiva pelos servidores do museu, que será a última realizada na sede provisória (Rua Rafael Bandeira, nº 41, no Centro – Florianópolis/SC).

Close