A história do Brasil com certeza passa pelo Rio Grande do Sul. São batalhas — a exemplo da Guerra dos Farrapos e Guerra do Paraguai — o amor dos gaúchos pela sua cultura regional, as belas paisagens, os produtos exportados para outros estados brasileiros e até outros países, entre tantos outros exemplos.

Neste cenário, o Conhecendo Museus desembarcou na cidade de Cruz Alta, localizada a 350 quilômetros da capital Porto Alegre, para mostrar a vocês um espaço riquíssimo culturalmente e que apresenta aos seus visitantes boa parte desta história através do olhar e das obras do escritor Erico Veríssimo.

Este importante escritor brasileiro do século XX deixou um legado para as futuras gerações. O Memorial Erico Verissimo é composto por originais datilografados com inúmeras observações manuscritas, cadernos de anotações, desenhos, correspondências e fotos, complementados por rica fortuna crítica, ocupando dois andares do Centro Cultural CCEV.

Os ambientes levam o visitante a conhecer vida e obra de Erico através de vitrines, painéis, estruturas interativas e outros recursos visuais, sonoros e táteis. Uma experiência singular para quem deseja conhecer um pouco mais sobre o autor de O Tempo e o Vento, de Incidente em Antares e de outros clássicos que posicionam este escritor entre os maiores nomes da nossa literatura.

A casa que abriga o museu é muito antiga, foi construída em 1883 e tem uma estrutura muito original. Erico nasceu nessa residência em 17 de dezembro de 1905. Na Sala da Terra, os visitantes podem conhecer o “Álbum de Família”, onde é apresentado todos os membros da família Veríssimo. Pela sua importância histórica e cultural, a casa foi tombada pelo IPHAE em 1984.

A carreira literária de Erico se despontou quando ele mudou para Porto Alegre, em 1930. Lá, ele teve contato com diversos outros escritores já renomados, a exemplo de Mário Quintana. O primeiro livro de sua autoria, na categoria “contos”, é lançado em 1932 com o título Fantoche. E o primeiro romance surge em 1933 com o nome Clarissa, nome que deu a sua filha.

Erico Veríssimo é um dos autores brasileiros mais conhecidos no exterior, com obras editadas em mais de 15 idiomas. Ao longo de sua carreira escreveu 36 obras, entre romances, novelas, contos, memórias, narrativas infanto-juvenis e de viagens.

Close