A cidade de Xanxerê, em Santa Catarina, abriga o Museu do Milho. Ele está localizado dentro do Parque de Exposição Rovilho Bortoluzzi, que realiza a conhecida Festa Estadual do Milho (FEMI), que acontece de dois em dois anos.

Rico em artefatos regionais e ligados ao cultivo do milho, o museu resgata o lado cultural e histórico do cultivo do cereal, e está instalado em uma construção que reproduz um ambiente da época da colonização local.

Com área total de 218 metros quadrados, a casa é ambientada com fotos, objetos e documentos que dão uma ideia de como era o dia a dia dos colonos, desde o lazer até o trabalho agrícola. São cerca de 300 peças recolhidas na comunidade.

A casa de tijolo bem tradicional, com roda d´água para mover moinho, poço com bomba manual, varanda e jardim chama a atenção dos visitantes. No interior, doações de famílias descendentes dos italianos que colonizaram o Sul do país compõem um cenário acolhedor que instiga a imaginação.

Apresenta fotos antigas dos hábitos de vida de imigrantes italianos, poloneses e alemães do município. Retrata a vida dos primeiros moradores agricultores, com reprodução de ambientes de uma casa onde se pode conhecer ou relembrar o modo de vida do colono do oeste de Santa Catarina.

O museu também apresenta peças de antigos equipamentos agrícolas, utensílios utilizados pelos colonizadores e uma variedade enorme de comidas preparadas pelo grão de milho.

Venha com o Conhecendo Museus visitar cada detalhe do Museu do Milho.

Close