O Museu de Arte Religiosa e Tradicional de Cabo Frio (MART) foi inaugurado em 1982 nas dependências do Convento Nossa Senhora dos Anjos. É elemento de destaque na história da colonização de Cabo Frio (RJ) e um valioso exemplar da arquitetura franciscana, que começou a ser edificado em 1686. Por essa importância histórica e artística que o MART foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) em 17 de janeiro de 1957.

Em 18 de agosto de 1972 foi firmado um Termo de Cessão, com a Fraternidade de São Francisco da Penitência, para integração ao acervo do Museu, de um conjunto de imagens em terracota e madeira policromada dos séculos 17 e 18I, alguns objetos, missais e peças de mobiliário.

Reconhecido pelo importante trabalho de aproximação que realiza com a comunidade local, o MART distingue-se por incentivar e acolher diversas manifestações culturais que utilizem o Patrimônio como referencial ou fonte de inspiração. O espaço também já sediou exposições famosas como Brasil de Portinari, além de concertos musicais com a presença de personalidades da música clássica como Issac Karabitchevisk. Em sua visita, o maestro não poupou elogios à excelente acústica do Convento.

Seu acervo é constituído, principalmente, por imagens em terracota e madeira  policromada dos séculos 17 e 18. Também possui obras de referência do século 19 restauradas recentemente. Após o fechamento do Convento, muitas peças se perderam, mas várias delas foram resgatadas. Algumas foram entregues ao Museu por pessoas da comunidade.

Esse marcante museu pode ser visitado no Conhecendo Museus – Museu de Arte Religiosa e Tradicional de Cabo Frio.

 

 

 

NA TV BRASIL: 11 de Setembro de 2012 (terça-feira) às 17h30
Reexibição: 15/setembro/12 (sábado) às 15h30

Close