Inaugurado em 25 de maio de 1999, o Museu da Vida — que pertence a Fundação Oswaldo Cruz — é um espaço de integração entre ciência, cultura e sociedade e tem o objetivo de educar e informar de forma lúdica e criativa. O Conhecendo Museus foi até lá para mostrar como a Vida é importante em todos os seus sentidos.

Localizado em uma ampla área verde, o espaço cultural funciona como um polo de lazer e educação para as comunidades vizinhas, com o objetivo de proporcionar a compreensão dos processos e progressos científicos e de seus impactos no cotidiano. A iniciativa da Casa de Oswaldo Cruz busca ampliar a participação da população em questões ligadas à saúde, ciência e tecnologia.

Localizada em uma área de 35 mil metros quadros no bairro de Manguinhos, no Rio de Janeiro/RJ, o Museu da Vida está distribuído em alguns espaços do Campos da Fiocruz, começando pela “estação trem”, que leva o visitante para conhecer o Castelo Mourisco, o Borboletário, a Tenda da Ciência Virgínia Schall, o Epidaurinho, o Parque da Ciência e a Pirâmide.

O Museu da Vida se dedica à coleta e preservação de peças museológicas e acervo bibliográfico. Cerca de 2.100 itens museológicos compõem o acervo de objetos, que inclui itens pessoais de pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz. História, memória e preservação são palavras-chave desse trabalho.

Os espaços possuem exposições de longa duração, que abordam temas como biodiversidade, evolução, energia, arte e ciência, percepção sensorial, óptica e história da ciência.

É uma viagem fantástica para descobrirmos o significado de nossa origem e da origem de tudo o que vive no Planeta Terra e que também faz parte da nossa sobrevivência.

Não perca! Este episódio do Conhecendo Museus vai abrir a sua mente e responder muitas questões que provavelmente você tinha dúvidas. Saúde e ciência à serviço da Vida!

 

Close