O sobrado que abriga o Museu Casa Histórica de Alcântara, foi construído no início do século XIX pelo comendador José Maria Correia de Souza, um imigrante português que enriqueceu no Brasil.

No ano de 1889, o sobrado e parte do seu mobiliário foram vendidos para os Guimarães, família de comerciantes que instalaram na área térrea do imóvel uma botica, uma loja de gêneros alimentícios, utilitários domésticos e agrícolas e uma loja de tecidos e armarinhos. Em 1947 após o falecimento do patriarca da família, Sr. Antonino da Silva Guimarães, o comércio foi sendo, gradativamente, desativado pelos seus descendentes.

No momento em que a administração do espaço passa a ser do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), em 1987, são realizadas diversas obras de intervenção, recuperação e adaptação para abrigar o museu, restauro e inventario do acervo e oficinas de capacitação, porém, o casarão somente se torna museu em 2004, e em janeiro de 2009 passa para a esfera do Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM).

O acervo é formado por parte do mobiliário, pratarias, vidraria de farmácia, alfaias, peças de vestuário e demais objetos deixados pela família Guimarães, além de doações de populares e aquisições.

A missão do museu é promover o patrimônio cultural da cidade de Alcântara aos visitantes e prestar serviços à sociedade alcantarense através de ações sócio/educativas promovendo a difusão do patrimônio cultural do município, contribuindo para o fortalecimento, valorização e proteção da identidade da população local.

O Conhecendo Museus – edição Museu Casa Histórica de Alcântara é uma visita a uma cidade marcada pela história.

NA TV BRASIL: 07 de Agosto de 2012 (terça-feira) às 17h30
Reexibição: 11/agosto/12 (sábado) às 15h30

 

Close