O Conhecendo Museus foi ao Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA), considerado o principal espaço para a arte contemporânea do Estado e um dos mais importantes do país, por onde passa um público aproximado de 200 mil pessoas por ano.

A sede fica no Solar do Unhão, construído no séc. 17, em terras pertencentes a Gabriel Soares e doadas por testamento aos Beneditinos no século 16. No século 17, foi residência do Desembargador Pedro de Unhão Castelo Branco. Por volta de 1740, surgem as primeiras notí­cias sobre a construção da Capela do Solar. No mesmo século, a casa recebeu feições mais requintadas, tendo sido colocados o chafariz e os painéis de azulejo portugueses no passadiço que, ainda hoje, dá acesso ao pavimento nobre do Casarão. No início do século 19, o Solar foi arrendado, iniciando a partir daí­ um processo crescente de degradação do conjunto, com a instalação sucessiva de fábricas, incluindo uma de rapé, que funcionou até 1926. Já ao final da década de 40, produziu derivados de cacau e manufaturas diversas, sediou oficinas e foi transformado em trapiche, depósitos de combustíveis e mais tarde, durante a 2ª Guerra Mundial, em quartel para os fuzileiros navais. Em 1943, o Solar foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), sendo depois, no iní­cio da década de 60, adquirido e restaurado pelo Governo do Estado da Bahia, com projeto arquitetônico de Lina Bo Bardi, para instalar o Museu de Arte e Tradições Populares. A partir de 1966, passa a sediar o Museu de Arte Moderna da Bahia.

Destaque para a preocupação do MAM-BA em facilitar o acesso às informações nas artes visuais, dentro de uma dimensão cultural contemporânea e com acesso gratuito, oferecendo oficinas destinadas ao público em geral que tenha interesse em vivenciar, experimentar e construir propostas artísticas. Há cursos regulares de cerâmica, gravura em metal, litogravura, xilogravura e criação plástica bidimensional.

Exposições de artistas visuais consagrados do Brasil e no exterior movimentam as cinco salas expositivas do Museu. O MAM-BA também sedia eventos artísticos culturais de diferentes linguagens e possui um programa permanente de ações educativas.

 

Nesse episódio do programa Conhecendo Museus é possível também conhecer o Parque das Escultura e sua vista paradisíaca que fazem parte do MAM-BA. Uma galeria ao ar livre, uma encosta, um jardim que se debruça sobre o mar e o céu aberto agregam poderosos elementos e valor à percepção do visitante, com sua coleção de esculturas modernistas e contemporâneas.

 

NA TV BRASIL: 02/outubro/2012
Reexibição: 06/setembro/2012

Close